Categorias

Como fazer a transformação digital na sua empresa: ondas ou tsunami?

 

transformação digital

Você acha que estes “gestores de TI” acima transformaram seus corpos de um dia para outro?

Nós constantemente vemos anúncios de “métodos eficazes” que fariam milagres com seu corpo em questão de algumas semanas, não é?

Se você pensar em cirurgia bariátrica, lipoaspiração, cirurgias plásticas e mais um super acompanhamento de médicos, nutricionistas, personal trainers, psicólogos, entre outros especialistas, até pode ser que consiga resultados semelhantes. MAS A QUE CUSTO? SERÁ QUE COMPENSA?

E as grandes obras de arte da nossa civilização? Quanto tempo levaram para ser feitas, mesmo nas mãos de excelentes artistas?

E a sua faculdade? O seu curso de especialização? A formação que levou você a ser o profissional que é hoje?

Até as revoluções, que transformaram países e o mundo, levaram muito tempo para acontecerem!

E vamos agora refletir a respeito de situações de impacto que, a partir de uma determinada ação, mudaram radicalmente o estado anterior: raio, explosão, furacão, terremoto, tsunami…. Todas devastadoras, com efeitos ruins!

A primeira conclusão a que chegamos é que para termos bons resultados, é necessário um tempo de maturação e construção.

Eu tenho visto estudiosos e especialistas dizerem que a TRANSFORMAÇÃO DIGITAL de uma empresa, no conceito deles, deve ser TOTAL, RADICAL, COMPLETA. Caso contrário é apenas um projeto tecnológico, um upgrade isolado.

E VOCÊ, O QUE ACHA?

Enquanto você pensa um pouco a respeito, eu vou passar alguns dados interessantes do nosso mundo atual:

– Considerando o ranking S&P 500, das maiores empresas americanas, em 1958 elas permaneciam no ranking por 61 anos em média. Em 2011, passaram para uma média de 18 anos. Atualmente este prazo mudou para em média 2 semanas! E percebe-se que o principal responsável é a tecnologia!

– Segundo o IDC, um terço das 20 maiores empresas em cada um dos segmentos industriais será substituído por novos concorrentes nos próximos 5 anos;

– Também segundo o IDC, até 2018, 70% das iniciativas isoladas de transformação digital irão falhar, devido a falhas na gestão dos projetos, colaboração e integração;

– Segundo a Forrester, os executivos declaram que até 2020, 50% das receitas de suas empresas virão do mundo digital;

– O MIT diz que as empresas que compraram a ideia da transformação digital são 26% mais lucrativas que seus concorrentes que não aderem a transformação digital. E 12% mais valorizadas nas avaliações;

– 9 entre 10 decisores de TI declaram que não conseguem aproveitar os novos recursos tecnológicos devido aos sistemas legados;

– As pessoas de hoje vivem conectadas a internet através de dispositivos móveis, trocam seus carros por utilização de Uber,- que num futuro próximo não precisará mais de motoristas. Se hospedam nas casas dos outros através do Airbnb. Usam celulares e cartões virtuais para recebimentos e pagamentos. Se relacionam com as pessoas através de redes sociais e aplicativos específicos. São atendidas por “robôs” em muitos serviços. Se comunicam através de mensagens e vídeos ao invés do telefone. Consomem conteúdo da forma e quando querem. Estão vendo milhões de trabalhadores operacionais, que fazem tarefas repetitivas, serem substituídos por máquinas. As pessoas de hoje compram o que querem e não os que os vendedores vendem. No mundo conectado, de maneira instantânea, uma pessoa pode virar celebridade e uma empresa pode falir.

Antes de responder a pergunta que fiz a você, tenho certeza que, com os dados acima, você concorda que o tema TRANSFORMAÇÃO DIGITAL deve ser tratado de maneira prioritária na sua empresa, correto? Espero que sim…. Senão nem leia o restante do artigo…

E, já consciente da necessidade da TRANSFORMAÇÃO DIGITAL, como você acha que ela deve acontecer: “ondas” ou “tsunami”?

 Eu tenho certeza de que muito poucas pessoas, e muito poucas empresas, estão preparadas para uma TRANSFORMAÇÃO DIGITAL DISRUPTIVA, para mudanças radicais. E, se isto fosse premissa, muitas iriam se amedrontar com o conceito e deixá-lo em segundo plano.


 

Portanto, vamos aos poucos, revolucionando as empresas com a transformação digital e transformando-as em digitais, mas em ondas!

Que tal alguns exemplos, a partir de artigos que eu escrevi:

– Transforme à sua maneira de pensar: https://goo.gl/mJqGwy

– Mude a forma de vender e se relacionar com o mercado: https://goo.gl/u6j9bH

– Tecnologias fáceis e acessíveis para a sua empresa: https://goo.gl/LlWGHl

– Repense seus sistemas de gestão: https://goo.gl/xW8qBL

– Reveja seu modelo de suporte técnico: https://goo.gl/43fECK

 

Sugiro que, quando você começar a planejar a transformação digital da sua empresa, pense nos seguintes pilares, muito citados pelos especialistas no assunto:

Resultado para o negócio: esteja certo de que as ações trarão resultados, principalmente financeiros, diretos ou indiretos;

Experiência do usuário: mais do que nunca o seu cliente é seu patrão;

Otimização das operações: com destaque para a integração entre todos os sistemas;

Colaboração entre os funcionários, parceiros e prestadores: as novas ferramentas devem aumentar a produtividade de maneira proporcional a satisfação da equipe;

Geração de indicadores (KPIs): todos os dados devem ser coletados, analisados e gerarem indicadores em tempo real, para apoio a tomadas de decisão, rápidas e eficientes;

Mudança da cultura da empresa, juntamente com a das cabeças (“mindset”) dos colaboradores: sem as pessoas comprometidas e com objetivos e valores únicos, nenhuma transformação irá ter sucesso, digital ou não;

Identificação das lideranças: é um movimento que irá requerer lideranças com perfis muito específicos e deverão ser muito bem escolhidas;

 

O desafio é GRANDE, sem dúvidas. Mas ao mesmo tempo, eu o considero MUITO MOTIVADOR.

Estamos num momento inédito da humanidade. Só a nossa geração teve o privilégio de poder vivenciar tantas mudanças significativas em tão pouco tempo. E esta velocidade só cresce, ainda de maneira exponencial.

Temos não só que usufruir dos benefícios destes avanços tecnológicos e dessa transformação digital, mas também sermos AGENTES DE INOVAÇÃO! LÍDERES DA TRANSFORMAÇÃO DIGITAL!

E que façamos de tudo para que este novo mundo digital seja formado por pessoas do bem, vivendo em paz e harmonia, com muito amor no coração.

Se não for desta maneira, não vale a pena.

Para mim não vale. E espero que você pense como eu!

 

Pesquisa 

Participe de nossa pesquisa sobre as dificuldades que os Gestores de TI enfrentam na sua vida profissional e os problemas mais encontrados em suas empresas e GANHE UM RELATÓRIO completo com os dados e informações coletados! Acesse: Goo.gl/Hnn3Jd

Se você for um empresário ou Gestor de TI, comece identificando se a sua empresa possui problemas como os descritos em nosso guia preparado especialmente para você: clique aqui para baixar um guia com os problemas de TI mais encontrados nas empresas.

Espero que tenha ajudado você a pensar um pouco fora da caixa. Caso tenha alguma dúvida, queira trocar algumas ideias ou ainda, necessite de algum apoio dentro da minha expertise, deixe seu comentário no artigo/blog ou entre em contato comigo pelos meus canais que será um prazer ajudá-lo.

 

Renato Grau

renatograu@innovision.com.br

www.innovision.com.br

Tel: +55 11 2789-9944

 

Empreendedor, Empresário e Consultor especialista em Tecnologia e Negócios para o mercado corporativo;

Fundador e CEO da Innovision, empresa de tecnologia com 20 anos de mercado;

Engenheiro Eletrotécnico formado pela Escola de Engenharia Mauá;

Sócio fundador e membro do Conselho de Administração do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul), onde ocupou, pelos biênios 2012-2013 e 2014-2015, o cargo de Presidente;

Criador do Arranjo Produtivo Local das Empresas de TIC de São Caetano do Sul e Região;

Membro do COMDEC (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico) de São Caetano do Sul em 2013-2016

0 Comments

Leave Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A SUA EMPRESA ESTÁ COM PROBLEMAS NO AMBIENTE DE TI?

A partir de uma consultoria com foco no seu negócio, avaliaremos o ambiente e operação de TI atuais e, junto com o gestor responsável, apresentaremos um plano de recomendação do ambiente tecnológico que irá gerar o melhor resultado financeiro para a sua empresa.

PARA MAIS INFORMAÇÕES

(11) 2789 -9944
rh@innovision.com.br | financeiro@innovision.com.br | comercial@innovision.com.br

Endereço: Rua Funchal, 411- 5º andar - Vila Olímpia - São Paulo - SP - Brasil