Quem será o Líder de Transformação Digital? O Gestor de TI ou de RH?

Olá pessoal!

Inicio o artigo de hoje pedindo pra vocês mentalizarem, individualmente, dois perfis de profissionais das organizações:

  • Gestor de Recursos Humanos;
  • Gestor de TI.

E faço uma pergunta:

Quais as chances destes profissionais possuírem perfis semelhantes?

Desprezando uma margem de erro, que sempre existe, mas certamente não é relevante neste caso, a conclusão é: ZERO.

E, se vocês estão lendo este artigo é porque estão interessados no tema Transformação Digital. Mais precisamente se quem vai liderar este movimento dentro da organização é o CIO ou o CHRO. Ou o Gestor de TI ou o Gestor de RH.

E eu já vou responder pra vocês quem será:

Pode ser um. Pode ser o outro. Ou ambos. Ou ainda, nenhum dos dois.

Por quê?

Quais são as características importantes, no meu entender, que o líder de Transformação Digital necessitará ter, nesta importante e árdua missão dentro das organizações?

  • Visão Aprofundada de Futuro
  • DNA de Inovação
  • Espírito de Empreendedor
  • Excesso de conteúdo (que nunca é muito)
  • Promotor de mudanças, em todos os níveis, de todos os tipos
  • Ótimo relacionamento interpessoal, em especial com pessoas de perfis muito diferentes (Como a diversidade ensina!)
  • Conhecimento profundo de ecossistemas, organizações e negócios
  • Influenciador para mudanças de cultura e mindset (não vão achando que alguém vá conseguir fazer isto sozinho…)
  • Capacidade de elaborar projeções e estudos, de acordo com cenários e futuros mais prováveis
  • Não ter a opinião formada sobre tudo (fiz uma boa reflexão a este respeito neste artigo que escrevi: A Era do Conhecimento sem Preconceitos nem Julgamentos – clique para ler)
  • Domínio do potencial de impacto e resultados das mais diversas tecnologias, existentes e em desenvolvimento.

Acho que a resposta ficou clara pra vocês:

Serão muito poucos os profissionais que terão todas estas competências.

E em relação ao CIO ou CHRO, mais especificamente, cada um, muito provavelmente, irá dispor de algumas destas características. Mas irão ficar várias lacunas. E quais seriam os meios de compensar as faltas?

  • Disposição para aprender
  • Trazer profissionais para o projeto que tenham as competências que você ainda não possui
  • Contratar o Renato Grau (risos…)

Feito o meu “jabazinho”, vou recomendar alguns caminhos que entendo serem os mais viáveis para que a organização evolua no tema de Transformação Digital:

  • Criação de um Comitê de Transformação Digital (inicialmente que não passe de 3 a 5 membros. Depois pode crescer.)
  • Atribuição de autoridade e autonomia para este grupo, com liberdade de acertos e, principalmente, erros
  • Comunicação para toda a organização da estratégia de transformação digital por que passarão e da necessidade de apoio de TODOS para que este trabalho possa ser desenvolvido
  • Escolha dos membros, a partir das características que descrevi. E aí vêm as menções ao CIO e ao CHRO…Eu acredito que, pela minha experiência, estes profissionais sairão na frente no processo de seleção.
  • Definição dos indicadores (KPIs) e constante acompanhamento.
  • Rapidez na tomada de decisões
  • Firmeza para mudar sempre que necessário. Isto vale pra pessoas, estratégias, ações, recursos envolvidos.

Gostaria de reforçar que esta missão, de levar a transformação digital para as empresas, em geral é complexa e demorada. É necessário resiliência, paciência, recursos das mais diversas fontes, em muitos dos casos… Mas é condição inegociável de sobrevivência para as empresas que quiserem ser perenes, neste mundo VUCA (volátil, incerto, complexo e ambíguo), que precisarão passar por este processo, e serem aprovadas.

Sempre vale mencionar algumas empresas que não foram aprovadas, algumas delas já repetiram de ano, outras saíram da escola e ainda, há aquelas que estão em recuperação, com ainda uma 2ª chance:

  • Blockbuster
  • BlackBerry
  • Yahoo
  • Kodak
  • Atari
  • Editora Abril
  • Nokia
  • Abercrombie & Fitch
  • Toys R Us
  • Concorde

Mas é inegável que todas elas não souberam passar pelo processo de transformação digital.

Por outro lado, há casos de sucesso! E imenso sucesso:

  • Amazon
  • Starbucks
  • Volkswagen
  • Banco Original
  • Lego
  • Domino’s Pizza
  • Disney 
  • Walmart
  • New York Times

E vocês? Vão colaborar para as organizações a que pertencem, se posicionarem em qual dos grupos?

Se for no segundo, PARABÉNS! E podem contar com o meu apoio!

Falando nisso, se você tem interesse em saber mais sobre o movimento de Transformação Digital e como ele pode impactar o crescimento da sua empresa, inscreva-se na minha lista VIP e receba conteúdos exclusivos sobre o tema. Basta clicar aqui!

Caso tenham alguma dúvida, queiram trocar algumas ideias ou ainda, necessitem de algum apoio dentro da minha expertise, deixem seus comentários no artigo/blog ou entre em contato comigo pelos meus canais que será um prazer ajudá-los.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Renato Grau | renatograu@innovision.com.br

www.innovision.com.br | Skype: renatograu | Tel: +55 11 2789-9944 

Engenheiro Eletrotécnico formado pela Escola de Engenharia Mauá; Especialista em Transformação Digital para o mercado corporativo, com foco no resultado do negócio; Empreendedor há mais de 25 anos apaixonado por Inovação, Tecnologia, Pessoas e Futurismo; Eterno Aprendiz; Autor de artigos e conteúdos que buscam colaborar com a melhoria de nosso mundo; Empresário, Fundador e CEO da Innovision, empresa de tecnologia com 22 anos de mercado; Sócio fundador, Ex-presidente e membro do Conselho de Administração do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul); Criador do Arranjo Produtivo Local das Empresas de TIC de São Caetano do Sul e Região; Ex-Membro do COMDEC (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico) de São Caetano do Sul.

0 Comments

Leave Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A SUA EMPRESA ESTÁ COM PROBLEMAS NO AMBIENTE DE TI?

A partir de uma consultoria com foco no seu negócio, avaliaremos o ambiente e operação de TI atuais e, junto com o gestor responsável, apresentaremos um plano de recomendação do ambiente tecnológico que irá gerar o melhor resultado financeiro para a sua empresa.

PARA MAIS INFORMAÇÕES

(11) 2789 -9944
rh@innovision.com.br | financeiro@innovision.com.br | comercial@innovision.com.br

Endereço: Rua Funchal, 411- 5º andar - Vila Olímpia - São Paulo - SP - Brasil