Categorias

Gerente de TI: 10 sinais de que chegou a hora de para para refletir (e agir)

Antes de ler o artigo de hoje sobre o gerente de TI, peço a você que visualize algumas imagens…

gerente de ti

A área comercial de uma empresa, com os mais importantes vendedores gritando, porque não conseguem fechar as vendas do mês devido aos computadores travarem.

A área de expedição com uma fila enorme de caminhões, aguardando para retirarem mercadorias, devido a problemas com o sistema de impressão.

A diretora financeira desesperada, porque os relatórios do sistema não batem com o caixa dos bancos.

A diretora de RH sem saber o que fazer, porque deixou que a planilha de cargos e salários fosse disponibilizada na intranet da empresa, que todos os funcionários acessam.

A Central de Atendimento ao cliente com falhas nas ligações telefônicas, devido a instabilidades no sistema de telefonia IP.

O CEO descobrindo que gastou vários milhares de reais com a troca do ambiente de servidores e não resolveu o problema de lentidão do sistema.

Antes de seguir com nosso conteúdo, aproveito a oportunidade para convidar os gestores de TI a fazerem parte de um grupo criado no Linkedin justamente para discussão de pontos como os abordados neste texto: Os sinais de que chegou a hora do Gerente de TI parar para refletir. E agir, clique aqui.

E agora visualize apenas uma imagem…

Diretamente da salinha da equipe de TI, o Gerente de TI da empresa em questão, com o telefone fixo em uma orelha falando com o diretor comercial, o celular na outra se justificando com o gerente de operações, respondendo o Skype por chat para a diretora financeira, enquanto manda o estagiário “acalmar” a diretora de RH, que está ouvindo os gritos do CEO, que quer demitir o responsável por transformar o grande investimento de TI em despesa…DE QUEM ESTAMOS FALANDO???? DO PRÓPRIO GERENTE DE TI!!!!

Se você é um GERENTE DE TI, e se identifica com o personagem acima…

Não se desespere…

Afinal há muitos como você!

E mais do que tudo, há como reverter esta situação ruim tanto pro gestor quanto pra empresa que o contratou!

Mas vamos deixar pra falar da solução mais pra frente.

Por ora, quero descrever outras situações que considero SINAIS para que o GERENTE DE TI repense sua vida. Pelo menos a profissional, se é que, para um profissional de TI, conectado 24h por dia, é possível separar a vida pessoal da profissional…

 

1) 24h NO DIA NÃO SÃO SUFICIENTES

Este é o primeiro grande sinal. O gerente de TI se empenha, trabalha duro, mas está sempre com a sensação de que o dia precisa ter mais do que 24h. Os projetos atrasam ou não saem na qualidade esperada. Os dias passam, parte dos “pratos equilibrados” mal se quebram e já há novos aparecendo.

 

2) “A CULPA É SEMPRE DE TI”

Se, para quase todos os problemas que aparecem, a TI é culpada, é fato que uma imagem muito ruim da área de TI já está na cabeça de todos os colaboradores. E olhe que muitas vezes a fama é injusta. Mas o Gerente de TI não soube como controlar isto nos momentos certos.

 

3) MAIS UM GASTO COM AS “COISAS” DE TI

A visão da direção da empresa é que tudo relativo a TI é gasto. Não enxergam valor agregado. Não existe uma visibilidade correta da diretoria ou então alguém está transformado realmente investimento em despesas…

 

4) PROFISSIONAL MacGyver

Assim como na série de TV dos anos 90, é esperado do Gestor que faça com os escassos recursos de TI disponibilizados pela empresa, algo com resultado semelhante ao que o agente secreto fazia, tipo construir uma bomba usando chicletes, desarmar mísseis com o tênis ou selar vazamento químico com chocolate.

 

5) A OPINIÃO DO AMIGO DO DIRETOR QUE “CONHECE DE TI” É MAIS IMPORTANTE

Esta é uma das mais irritantes para o Gerente de TI…O cara estuda muitos anos, come o “pão que o diabo amassou”, estudando e trabalhando na área para ter confrontadas suas opiniões com o amigo do diretor que entende tanto de Tecnologia da Informação quanto de fazer Mapas Astrais…

 


 

6) PLANEJAMENTO…BUDGET…PLANOS DE AÇÃO…Mas…Pra quê mesmo?

Então…. Eu pessoalmente não acredito em planejamentos burocráticos. Já vi muitos demorarem meses para serem feitos, mas não saírem da gaveta, devido à complexidade em executá-los. Isto melhorou demais nos últimos anos com as novas metodologias e bibliotecas de boas práticas.

Mas acredito menos ainda no sucesso de projetos e operações sem nenhum planejamento.

Não há como alcançar resultados se não houver uma gestão formal, com planos de ação envolvendo escopo, responsáveis e datas. No mínimo.

 

7) NÍTIDA FALTA DE ATUALIZAÇÃO DOS CONHECIMENTOS.

Profissional que não se atualiza, fica ultrapassado. Se for de TI, muito pior. Se for Gerente de TI….”Game over”.

Já participei de várias situações que me confrontei com os conhecidos “dinossauros tecnológicos”. Os caras param no tempo e, talvez por instinto de proteção, criticam as suas sugestões de soluções, alegando normalmente que não são seguras, que são caras, e tantas outras justificativas que não correspondem à realidade.

Confesso a você que esta é uma coisa das que mais me aborrecem.

É preciso se atualizar e ter a visão de todo o negócio! Esta importante dica não vale apenas para os gestores de TI. Vale para os gestores de todas as áreas. Abordei esse assunto em meu artigo “ O novo papel do Gerente de TI nas empresas”!

 

8) GERENTE DE TI OU TÉCNICO DE SUPORTE?

É muito natural que o Gerente de TI tenha começado sua carreira como técnico, limpado a poeira de muitos equipamentos, desatolado muito papel de impressora, ensinado muitos usuários “ignorantes em TI” de que o computador dele pra funcionar precisa estar conectado a tomada…

Mas é muito comum ainda eu encontrar, principalmente em empresas menores, gestores embaixo de mesas de usuários, trocando desktops.

O Gerente de TI não deve ser um “Horácio”, ter “braços curtos”. Mas também não pode ficar fazendo trabalhos braçais recorrentemente. Será caro e ineficiente.

Humm…Falando em “Horácio”, um deste perfil passou pela minha equipe recentemente. Pois é…Todo mundo erra, não é? Mas durou pouco mais de 3 meses.

 

9) FORNECEDORES, HARDWARE E SOFTWARE “Goela abaixo”

O Gerente de TI pesquisou fabricantes, estudou “cases” de sucesso semelhantes, avaliou prestadores de serviço que melhor atendessem e…

A empresa comprou e contratou “semelhante” ao que o Gestor pediu…

Pois é…#gestorsemmoral

 

10) RUMORES DE “OUTSOURCING” E O GESTOR NEM ESTÁ SABENDO DO ASSUNTO

Como, ainda mais na “radio peão”, onde “há fumaça, há fogo”, grandes chances deste Gestor fazer parte do pacote, ou ainda, ser substituído para cuidar da nova empresa terceira.

A palavra “outsourcing de TI” provoca arrepios na maior parte dos gestores de TI. Porque estes se veem ameaçados. Mas a verdade é que esta é muitas vezes a melhor oportunidade do gerente de TI SE TORNAR ESTRATÉGICO!

Esta situação ainda é mais recorrente em empresas cujos “core business” não são de TI. Você já deve ter parado para pensar por que a maior parte de áreas como advogacia e contabilidade das empresas são terceirizadas, não é?

Então…Por que TI, que é uma área em que a expertise técnica é tão necessária quanto às áreas citadas, não deveria ser tratada de maneira semelhante?

Mas, assim como há muitas empresas com áreas de advogacia e contabilidade internas, que fazem um ótimo trabalho, o mesmo também vale pra áreas de TI. Mas tenham certeza que o Gestor responsável não é o cara que se identificou com os sinais acima.

Bem…Os sinais estão aí…

A pergunta que naturalmente deve surgir para os gestores que se identificaram com muitos deles…

“O QUE EU FAÇO PRA MUDAR ISTO?”

 

Vou citar uma frase do grande escritor Franz Kafka:

“Entre muitas outras coisas, tu eras para mim uma janela através da qual podia ver as ruas. Sozinho não o podia fazer

Somos seres sociais por natureza. Não vivemos isolados. Não somos autossuficientes. Sendo assim…

Busque ajuda!!! MBA…Mentor…Coach…Consultor…Amigo…Parceiro de Negócios.  Confira meu último artigo sobre a oportunidade de Gestores de TI se aliarem a Consultores de TI para estabelecer uma parceria de impacto e garantir alta performance de TI, clique aqui.

Mas não se engane: avalie muito bem qual o tipo de apoio de que necessita. E SE TORNE UM GESTORENTE DE TI ESTRATÉGICO, que não mais se identificará com nenhum dos sinais deste artigo!

 

Espero que tenha ajudado você a refletir um pouco, mas caso tenha alguma dúvida ou necessite de algum apoio para algum problema que não consegue solucionar sozinho, deixe seu comentário no artigo/blog ou entre em contato comigo pelos meus canais que será um prazer ajudá-lo.

Se você for um empresário ou Gestor de TI, comece identificando se a sua empresa possui problemas como os descritos em nosso guia preparado especialmente para você: clique aqui para baixar um guia com os problemas de TI mais encontrados nas empresas.

Total Votes : 0
Total Votes : 0

 

 

Renato Grau

renatograu@innovision.com.br

www.innovision.com.br

Tel: +55 11 2789-9944

 

Empreendedor, Empresário e Consultor especialista em Tecnologia e Negócios para o mercado corporativo;

Fundador e CEO da Innovision, empresa de tecnologia com 20 anos de mercado;

Engenheiro Eletrotécnico formado pela Escola de Engenharia Mauá;

Sócio fundador e membro do Conselho de Administração do ITESCS (Instituto de Tecnologia de São Caetano do Sul), onde ocupou, pelos biênios 2012-2013 e 2014-2015, o cargo de Presidente;

Criador do Arranjo Produtivo Local das Empresas de TIC de São Caetano do Sul e Região;

Membro do COMDEC (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico) de São Caetano do Sul em 2013-2016

0 Comments

Leave Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A SUA EMPRESA ESTÁ COM PROBLEMAS NO AMBIENTE DE TI?

A partir de uma consultoria com foco no seu negócio, avaliaremos o ambiente e operação de TI atuais e, junto com o gestor responsável, apresentaremos um plano de recomendação do ambiente tecnológico que irá gerar o melhor resultado financeiro para a sua empresa.

PARA MAIS INFORMAÇÕES

(11) 2789 -9944
rh@innovision.com.br | financeiro@innovision.com.br | comercial@innovision.com.br

Endereço: Rua Funchal, 411- 5º andar - Vila Olímpia - São Paulo - SP - Brasil